Tradutor

quinta-feira, 29 de março de 2018

BENEMÉRITO BONIFÁCIO ALVES TEIXEIRA FAZIA HOJE 169 ANOS

BONIFÁCIO ALVES TEIXEIRA, completaria no próximo dia 29 de Março de 2018, 169 anos de idade. Aquele grande Benemérito Vidaguense merece que não o esqueçamos.
A CASA DE CULTURA DE VIDAGO aceitou, de imediato, o desafio que o nosso sócio e amigo Sr. Floripo Salvador nos apresentou e que foi o de simular uma entrevista ao Benemérito Bonifácio Teixeira. Queremos realçar que todos os textos foram escritos pelo nosso amigo.
Tentou-se, na elaboração do questionário e, também, nas correspondentes respostas obtidas que se fizesse a maior, mais fidedigna e mais pormenorizada alusão possível a aspectos e comportamentos da sua existência na Terra. Desde a partida para o Brasil, em 1862, do menino de 13 anos, fisicamente franzino, pobre e simples, até ao regresso ao torrão natal em 1885 do homem abastado, solteiro, relativamente culto e imbuído de enorme espírito altruísta.
O ano da “entrevista”, pretensamente efectuada em 1907, não foi escolhido por acaso. É que foi por essa altura que Bonifácio Alves Teixeira se sentiu vergado a incurável doença que muito o atormentava. Esta circunstancial situação leva-o a ponderar a premeditada partida deste Mundo. Invade-o a vontade de cumprir o anseio de poder ser útil à sua terra natal e participar na solidariedade dos menos protegidos pela sorte. É, então, que começa, também, a ponderar a efectivação de um Testamento que dê cumprimento formal ao seu desejo de ser homem útil e sensível à sociedade, mais desfavorecida, que o rodeia.
Três anos depois (25 de Julho de 1910 e pelas 5 horas da manhã) Bonifácio Alves Teixeira, de 61 anos de idade, precipita a sua partida. No piso inferior da sua casa (que, mais tarde, viria a ser a tal Escola para Meninas) um tiro de pistola põe termo à vida de um HOMEM SINGULAR!
Curiosamente, parte uns meses depois de o comboio ter chegado a Vidago e três meses antes da inauguração do ícone hoteleiro da região – o Palace Hotel de Vidago! Um ano marcante para a história desta Vila. Sem dúvida!
Incumprida que foi a sua vontade (considerada excêntrica e ilegal para a época) em ser, artesanalmente, cremado, Bonifácio Alves Teixeira, Jaz em campa e cantinho discretos no cemitério da terra que tanto amou!
Agradecemos à Sinal TV, ao Sr. Rui Branco, Presidente da União de Freguesias de Vidago, Arcossó, Selhariz e Vilarinho das Paranheiras, ao Teatro Experimental Flaviense, à Dra. Helena Fraga Carneiro (sobrinha-bisneta de Bonifácio Teixeira) pelo notável trabalho de investigação e consequente recolha de preciosíssimos elementos que efetuou a propósito da ascendência do nosso BENEMÉRITO e descendência de Maria Joaquina (sua irmã). Agradecemos, ainda, ao sócio e amigo Júlio Silva, do Blog MEU VIDAGO, à D. Emília Silvestre e à D. Fernanda Salvador.
Fazendo votos que seja do agrado de todos, aqui partilhamos o resultado final enaltecendo o excelente profissionalismo e simpatia de todos os colaboradores da Sinal TV.



OBS:
Este texto, assim como o vídeo da entrevista a Bonifácio Alves Teixeira, serão passíveis de ser visualizados nas páginas do Facebook, da CASA DE CULTURA DE VIDAGOSINAL TV, AMIGOS DE VIDAGO e, ainda, no Blogue MEU VIDAGO de Júlio Silva.

Na próxima Sexta-Feira (30MAR18) será publicado, nas mesmas páginas, um documento intitulado CURIOSIDADES DA FAMÍLIA ALVES TEIXEIRA e no Domingo (01ABR18) será publicado um outro designado por CURIOSIDADES DA FAMÍLIA DE JOÃO DAS FRAGAS.

@CCV2018

Sem comentários:

Enviar um comentário