Tradutor

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013


domingo, 22 de dezembro de 2013

FESTA DE NATAL'13

Agradecemos a participação de todo o "grupo de Animação CENA LIVRE" da CCV.

Obrigado a todo o público presente, um agradecimento especial aos convidados Luis Costa, Quim João, Maria Ramos e Paco. Uma palavra de apreço a todos os apoios que reunimos para que esta festa fosse uma vez mais realidade, e assim fizemos com que nenhuma criança saísse desta festa sem uma pequena prendinha entregue pelo PAI NATAL (Vasco Alves). BEM HAJAM A TODOS.. 

Para ver todas as fotos da Festa clique na foto e entra no nosso facebook:


sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Lançamento da 1ª Pedra do Balneário Termal de Vidago

Foi hoje, dia 20 de dezembro, efetuado o lançamento da 1ª pedra do balneário Termal de Vidago

Foi num ato simbólico que decorreu o lançamento da 1ª pedra da obra à muito desejada pelos responsáveis autárquicos, da população de Vidago e aldeias vizinhas. Estiveram presentes os presidentes de junta, o Exmo Presidente da Câmara Municipal Arqto. António Cabeleira, o Presidente da mesa da Assembleia Municipal Dr. João Baptista, entre outros convidados, e várias associações, nomeadamente a Casa de Cultura de Vidago representada pelo seu Presidente Paulo Lopes e pelo Secretário José Correia.























Fotos de: José Correia

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013


A Casa De Cultura Vidago, foi convidada mais uma vez para fazer 
a animação musical na Festa de Colaboradores da Unicer Turismo. 
Obrigado Hotel Vidago Palace.




















Foto gentilmente cedida por: Angelo Botelho

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Festa de Natal - Casa de Cultura de Vidago

Dez
21
21:00
A Casa de Cultura de Vidago realiza no próximo sábado, dia 21 de Dezembro, pelas 21 horas, a já tradicional Festa de Natal para todas as crianças de Vidago e da região da Ribeira de Oura. O evento realiza-se no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Vidago

Durante a festa irá ser entregue o prémio “Santos Vidago” pela Junta de Freguesia de Vidago aos melhores alunos do 1º ao 4º ano letivo 2011/2012.
E porque sem prendas o Natal das crianças parece não ter tanto significado, a Casa de Cultura de Vidago, com a ajuda do Pai Natal, irá distribuir prendas por todas as crianças presentes.
A noite de sábado será ainda aquecida com música, danças, sketch’s e o público será brindado também com um teatro encenado pelas crianças.
A Casa de Cultura de Vidago agradece a participação e apoio de todos os intervenientes na realização desta festa e deseja a todos os seus sócios e amigos umas BOAS FESTAS.














domingo, 15 de dezembro de 2013

Centenas de pessoas no funeral de Nadir

Centenas de pessoas participaram ontem, em Chaves, no funeral do pintor Nadir Afonso, que faleceu na quarta-feira aos 93 anos, no Hospital de Cascais, onde se encontrava internado.


O corpo do pintor esteve em câmara ardente na quinta-feira, entre as 17:00 e as 24:00, na Capela de Emaús, na Igreja de Santo António do Estoril, onde na sexta-feira se realizou uma missa de corpo presente, seguindo depois o corpo para Chaves, onde teve lugar ontem a cerimónia fúnebre, na Igreja Matriz.
À saída da igreja, ouviram-se aplausos e assistiu-se à atuação de um coro infantil e de uma banda musical.
A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, referiu-se ao pintor como um "exemplo", considerando ter sido um "privilégio" conviver com ele.
"Nunca me esqueço que Nadir Afonso manteve uma dimensão de identidade intensa, ao mesmo tempo que cruzava o mundo, mundo esse que o reconhecia com um homem singular", disse Assunção Esteves, acrescentando que "poderia mesmo dizer que se há um símbolo da síntese entre a identidade e universalidade, esse símbolo é Nadir Afonso no modo como conservou o sotaque de Chaves".
Assunção Esteves, natural de Valpaços, recordou que o pintor conservava o sotaque melhor do que ela o conservou.
"Estou muito feliz pela Assembleia da República ter aprovado um voto de pesar, por unanimidade, pelo reconhecimento do seu riquíssimo percurso, não só como artista, mas como homem", salientou.
O presidente da Câmara de Chaves, António Cabeleira, caracterizou o artista como o "maior embaixador de sempre" da cidade.
Por esse motivo, frisou, os flavienses estão-lhe muito gratos, orgulhosos e sentem hoje uma "perda extraordinária".
"O mestre Nadir Afonso, como cidadão do mundo, nunca deixou de dizer que era de Chaves e que vinha cá todos os anos passar férias", afirmou.
A memória do pintor, segundo o autarca, ficará perpetuada na Fundação Nadir Afonso, situada numa das margens do rio Tâmega, num investimento de cerca de nove milhões de euros, que será inaugurada em julho de 2014.
O arquiteto Siza Vieira lamentou que o artista não possa assistir à inauguração da Fundação Nadir Afonso, obra da sua autoria.
"As obras estão na reta final, faltando os acabamentos interiores", referiu.
Sobre o projeto, Siza Vieira revelou não ter havido "trabalho intenso" de troca de impressões, porque havia coincidência de ideias.
A morte do mestre é, na opinião do prémio Pritzker, uma perda "muito grande" para a arte.
Nadir Afonso diplomou-se em arquitetura na Escola Superior de Belas Artes do Porto e trabalhou com arquitetos de renome como Le Corbusier e Óscar Niemeyer, mas viria a trocar esta área pela pintura, alcançando reconhecimento internacional.
Foi distinguido com o Prémio Nacional de Pintura (1967), com o Prémio Amadeo de Souza-Cardoso (1969)e, ainda, condecorado com o grau de Oficial (1984) e de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada (2010).
















Fontes:
Fotos: https://globalimagens.pt/pages

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO AVENIDAS VIDAGO

AVISO AOS INTERESSADOS


Encontra-se interdito o trânsito na avenida desde o portão do Vidago Palace Hotel até Oura e vice versa. Motivo, obras de requalificação.

Como alternativa terão de se deslocar à EN2.

Encontro intergeracional “Juntos somos mais Felizes” reúne três centenas de idosos

A Unicer reuniu num convívio natalício cerca de 300 seniores das freguesias de Vidago, Oura e Bornes de Aguiar.

Sob o lema “Juntos somos mais Felizes”, a iniciativa que decorreu no salão de eventos do Casino de Pedras Salgadas partiu dos colaboradores da VMPS – Águas e Turismo da Unicer Pedras Salgadas/Melgaço/Vidago, no sentido de proporcionar um dia de confraternização intergeracional entre a população sénior da região e colaboradores da Unicer, abrangendo as comunidades próximas da área de atividade da empresa, nomeadamente instituições de solidariedade social, de salientar, o Lar Nossa Senhora da Conceição, da Santa Casa da Misericórdia de Chaves.
A Árvore de Natal e o espaço envolvente do salão foi decorado com os desenhos das crianças do Jardim de Infância Nossa Senhora da Conceição que também subiram ao palco para cantarem melodias natalícias.
Os idosos tiveram a oportunidade de visitar as Fontes, o SPA Termal de Pedras Salgadas e os jardins e foram presenteados com uma lembrança.

A animação contou com as coletividades locais.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Requalificação da envolvente do Aquanatur em Vidago custará 2,04 milhões de euros


O Município tem vindo a desenvolver várias iniciativas visando potenciar as especificidades turísticas e termais da vila de Vidago, tendo em conta os recursos associados às águas termais e à riqueza paisagística e arquitetónica de Vidago.

Entre as várias iniciativas constam ações como a requalificação da envolvente do Aquanatur (intervenção nas Alamedas Conde Caria, António Viana, Teixeira de Sousa, Rua João Oliveira e na área envolvente do Balneário Termal), a “Vidagus Termas” e o Balneário Pedagógico de Investigação de Vidago. A primeira obra (Aquanatur) foi entregue ao empreiteiro dia 27 de Novembro, a segunda (Vidagus Termas) no dia 21 de Outubro e a terceira (novo Balneário Termal) no dia 6 de Dezembro.
A empreitada foi adjudicada à empresa SINOP – António Moreira dos Santos, S.A, pelo valor de 2,04 milhões de euros, devendo ficar concluída no prazo máximo de um ano.

O projeto de requalificação da envolvente do Aquanatur visa restabelecer o eixo estruturante entre o novo Balneário Termal com a entrada do Vidago Palace, propondo-se o nivelamento da via e passeios, bem como o revestimento da praça junto ao edifício do Balneário que interliga o edifício Termal e a Rua João Oliveira, promovendo assim a circulação pedonal ou de bicicletas, sendo um espaço de charneira com a ecopista que se pretende materializada no espaço canal da antiga linha do comboio. Para as alamedas Conde Caria e António Viana prevê-se a recuperação do perfil existente, mantendo-se o trânsito nos dois sentidos, integrando-se numa faixa da via, o estacionamento, entre as caldeiras das árvores.



Funeral de Nadir Afonso realiza-se sábado de manhã em Chaves


O funeral do mestre Nadir Afonso, falecido ontem aos 93 anos, realiza-se no sábado de manhã na sua terra natal, Chaves, avançou à Lusa fonte da câmara municipal.
Segundo a fonte, o corpo do pintor deverá chegar sexta-feira à tarde a Chaves, no distrito de Vila Real, e ficará em câmara ardente na Igreja da Misericórdia, situada no Largo de Camões, no coração do centro histórico da cidade.
Ser sepultado nesta cidade de Trás-os-Montes seria, segundo a fonte, um desejo manifestado pelo pintor.
Em homenagem ao artista, a Câmara de Chaves decretou dois dias de luto municipal, hoje e quinta-feira, e colocou as bandeiras a meia haste.
Além disso, no dia da cidade, a 08 de julho de 2014, tenciona inaugurar a Fundação Nadir Afonso, situada numa das margens do rio Tâmega, obra da autoria do arquiteto Siza Vieira.
A fundação, um investimento de cerca de nove milhões de euros e financiada a 85% por fundos comunitários, deveria ter sido inaugurada este ano, mas o prazo foi alargado devido a uma paragem nas obras, por problemas financeiros da empresa construtora.
O lançamento da primeira pedra do edifício aconteceu em julho de 2011.
O imóvel vai dispor de salas de exposições, auditório, biblioteca, arquivo, espaços para acolher o espólio do artista e um ateliê.
O presidente do município, António Cabeleira, lamentou hoje a perda de um homem "notável".
E, acrescentou, "a cidade de Chaves, o país e o mundo ficaram mais pobres".
Nadir Afonso, pintor e arquiteto, cuja obra figura entre as grandes referências da história da arte portuguesa do século XX, faleceu hoje, aos 93 anos, no Hospital de Cascais.
Estudou pintura em Paris e foi um dos pioneiros da arte cinética, trabalhando ao lado de Victor Vasarely, Fernand Léger, August Herbin, Cândido Portinari e André Bloc.
Foi distinguido em 1967 com o Prémio Nacional de Pintura e em 1969 com o Prémio Amadeo de Sousa-Cardoso. Foi igualmente condecorado com os graus de Oficial (1984) e de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada (2010).

Fonte: Lusa/SOL

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

NADIR AFONSO

Chaves decreta dois dias de luto em memória do mestre




A cidade de Chaves, terra natal do mestre Nadir Afonso, que faleceu hoje aos 93 anos, vai decretar dois dias de luto e inaugurar, em julho, a fundação com o seu nome para perpetuar a sua memória.

«Chaves e o país perderam hoje um homem notável e com uma obra ímpar. Ficamos mais pobres», afirmou à Lusa o presidente da Câmara de Chaves, António Cabeleira.
Na opinião do autarca, Nadir Afonso era um dos artistas «mais conceituados e notáveis» do mundo, pelo que a sua perda é «enorme» e a arte fica mais pobre.

Fonte: Diário Digital / Lusa

Morreu NADIR AFONSO


Morreu NADIR AFONSO, um ícone da nossa Cultura.

Portugal está mais pobre....

Nadir Afonso nasceu em Chaves em 1920.

Diplomou-se em Arquitectura na Escola Superior de Belas-Artes do Porto.

Realiza as primeiras exposições como aluno da Escola de Belas-Artes participando em todas as exposições do Grupo dos Independentes até 1946.
Em 1946, estuda pintura na École des Beaux-Arts em Paris, e obtém por intermédio de Portinari uma bolsa de estudo do governo francês e até 1948 e em 1951 colaborador do arquitecto Le Corbusier e serviu-se algum tempo do atelier Fernand Léger.
De 1952 a 1954, trabalha no Brasil com o arquitecto Oscar Niemeyer.
Nesse ano, regressa a Paris, retoma contacto com os artistas orientados na procura da arte cinética, desenvolvendo os estudos sobre pintura que denomina "Espacillimité".
Na vanguarda da arte mundial expõe em 1958 no Salon des Réalités Nouvelles "espacillimités" animado de movimento.
Em 1965, Nadir Afonso abandona definitivamente a arquitectura; consciente da sua inadaptação social, refugia-se pouco a pouco num grande isolamento e acentua o rumo da sua vida exclusivamente dedicado à criação da sua obra.

Mestre Nadir Afonso




















Texto in - http://pereira-da-silva.blogspot.pt/

domingo, 1 de dezembro de 2013


FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO

MENSAGEM DE NATAL CASA DE CULTURA DE VIDAGO

Aproveitando a época que se aproxima, julgamos ser oportuno endereçar-vos, em nosso nome pessoal e da Casa de Cultura de Vidago uma mensagem de esperança e de solidariedade.

Após mais um ano de muitas lutas e dedicação, chegamos à quadra natalícia, um tempo para refletirmos e confraternizarmos. Independentemente da fé de cada um, o Natal é um momento especial, de renovação, de luz, de expressar solidariedade a todas as pessoas.

Para além da dimensão festiva desta data, fazemos votos para este período, proporcione a todos, um espaço de paz e de reflexão relativamente às relações que mantemos com os outros e com a nossa comunidade a que pertencemos.

Julgamos hoje, mais do que nunca, a nossa sociedade precisa de um renovado espírito de filantropia e solidariedade, através de atos simples podemos melhorar a vida do nosso próximo, das nossas Instituições, da nossa Freguesia e do nosso País, ao fazê-lo, estaremos a contribuir para uma sociedade melhor e mais justa.

Também para os nossos emigrantes, que trabalham fora do seu País, queremos partilhar com todos eles esta quadra e dizer-lhes que, apesar de distantes fisicamente, estão nos corações dos seus familiares, mas também de todos os seus conterrâneos. 
A Casa de Cultura de Vidago não os esquece e deseja lhes as maiores felicidades.

O ser humano tem por si só capacidades suficientes para superar as maiores dificuldades, e vencer todos os obstáculos.
Porque somos otimistas, e porque acreditamos na generosidade e determinação dos nossos concidadãos, temos a certeza que este Natal proporcionará as condições ideais, para iniciarmos um Novo Ano com espírito positivo e com uma renovada energia para os desafios que se avizinham futuramente.


Votos de um Feliz Natal e de um Próspero Ano de 2014.


A Direção da casa de Cultura de Vidago